O surgimento do Dia Mundial do Câncer

No início do milênio, 4 de fevereiro foi declarado o Dia Mundial do Câncer. Tudo começou com seis especialistas em câncer que se reuniram em Paris em 1999. Com a chegada iminente do ano 2000, o grupo decidiu que o desafio global do câncer não seria esquecido no novo século. Juntos, os seis líderes – os Drs. David Kayat, Peter Harper, James F. Holland, Gabriel N. Horobagyi, Lawrence H. Einhorn e Sandra Swain – redigiram uma Carta que descrevia uma visão para abordar o impacto do câncer na “vida humana, no sofrimento humano e na produtividade das nações”. A Carta destaca a necessidade de acesso a cuidados de qualidade, financiamento para pesquisas sobre o câncer, maior compreensão e, acima de tudo, respeito e dignidade para todas as pessoas que vivem com a doença. O artigo final estabeleceu a ideia para um dia internacional de conscientização:

"Reconhecendo a declaração de todas as instituições relevantes, de que o dia 4 de fevereiro será marcado como o 'Dia Mundial do Câncer', para que a cada ano a Carta de Paris esteja no coração e na mente das pessoas em todo o mundo.”

Este documento ficou conhecido como a Carta de Paris Contra o Câncer. Em 4 de fevereiro de 2000, a Carta foi assinada pelo então presidente da França, Jacques Chirac, e pelo então diretor geral da UNESCO, Kōichirō Matsuura.

 

Leia o texto integral da Carta de Paris (PDF - em inglês)

 

Um movimento global crescente

A Carta foi adotada por organizações internacionais de combate ao câncer em todo o mundo. Sob a tutela da União Internacional para Controle do Câncer desde 2006, o Dia Mundial do Câncer se transformou em um movimento positivo para todos, em todos os lugares, se unirem em uma só voz, construindo uma aliança contra "o medo, a ignorância e a complacência".

Aniversário de 20 anos

Desde a criação do Dia Mundial do Câncer, testemunhamos um progresso incrível em muitas áreas, desde maior vontade política, avanços tecnológicos, descobertas de pesquisas e maior compreensão pública sobre a doença. Contudo, em 2019 a Organização Mundial da Saúde incluiu as doenças não transmissíveis (DNTs), inclusive o câncer, como uma das dez maiores ameaças para a saúde pública. Ainda há muito a ser feito.

O ano de 2020 marca o 20º aniversário do Dia Mundial do Câncer. Será um ano para iniciar ações destinadas a acelerar a redução de mortes desnecessárias por câncer e alcançar acesso igualitário ao tratamento do câncer para todos.

Junte-se a nós no dia 4 de fevereiro de 2020.